Encerrado as votações das tabelas de turno do TA Suape e da RNEST

Na última terça-feira (22), chegaram ao fim as assembleias deliberativas para votar o Acordo Regional das tabelas de turno da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) e do Terminal Aquaviário de Suape (TA Suape). As votações foram conduzidas em paralelo às assembleias de regramento da PLR. Os encontros aconteceram entre os dias 16 e 22 de dezembro. Confira abaixo os encaminhamentos desse processo em cada base.

Terminal Aquaviário de Suape

No TA Suape, onde estava sendo avaliada a Minuta apresentada pela Transpetro para o Acordo Regional da tabela de turno de 12h, o resultado foi a unânime aprovação pelos trabalhadores e trabalhadoras lotados(as) na unidade. O documento foi exaustivamente analisado pela equipe jurídica do Sindipetro PEPB. Agora, o sindicato se prepara para assinar o documento junto à empresa, finalizando assim o processo de negociação do Acordo Regional da tabela de turno do Terminal.

Refinaria Abreu e Lima

Na RNEST, três itens foram deliberados durante as assembleias. Em primeiro momento foi escolhido o regime de trabalho a ser adotado na unidade, onde 58,5% dos petroleiros e petroleiras optaram pela tabela de 12h, contra 38,8% que preferiam uma tabela de 8h. Em seguida, foram avaliadas as duas Minutas apresentadas respectivamente pela Petrobrás e pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) para o Acordo Regional da tabela de turno.

Após longa avaliação da equipe jurídica do Sindipetro e também dos trabalhadores, foram identificados problemas e riscos à categoria na Minuta apresentado pela empresa. Diante disso, a FUP indicou a rejeição do documento; indicativo que foi seguido pela categoria (com 98,6% dos votos), demonstrando que o documento não atendia aos interesses dos trabalhadores e trabalhadoras da unidade.
Por fim, foi votado o terceiro item de pauta, correspondente à aprovação de uma Minuta que encaminhada pela FUP à gestão da refinaria. A direção sindical agora espera que se estabeleçam uma mesa de negociação, para que possa assinar a Minuta da FUP, aprovada em assembleia por 91,8% dos votos.

O Acordo Regional tem validade durante dois anos, período em que o mesmo continuará sendo avaliado (ao longo do seu decorrer), a fim de garantir as melhores condições de trabalho possível à categoria. Caso sejam identificados problemas, novas assembleias poderão ser convocadas para avaliar possíveis alterações do Acordo Regional.

TV SINDIPETRO PE/PB

Siga-nos no Twitter