Vazamento de diesel provoca incêndio na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC) e alerta para riscos da segurança no trabalho das unidades da Petrobras

Na tarde dessa terça-feira (17) um incêndio ocorrido na RPBC assustou a vizinhança e trabalhadores da refinaria em Cubatão-SP e segundo informações oficiais o fogo foi contido pela Brigada de Incêndio da unidade, após um vazamento de óleo diesel. Ninguém ficou ferido. O ocorrido chamou a atenção pelas condições de trabalho denunciadas pelo sindicato dos petroleiros local, que relatou um cenário de descaso relativa à segurança do trabalho.

Para além do incêndio a denúncia também revela que os trabalhadores não foram desmobilizados dos locais de trabalho durante a ocorrência, ainda que o fogo tenha sido de uma proporção considerável, oriundo próximo à Casa de Força. O sindicato afirma que este foi um “acidente anunciado”, vista a antecedência com que a direção da refinaria já tinha sido alertada das irregularidades no trato da segurança do trabalho. Situação bem próxima da RNEST, onde sucessivamente a direção do Sindipetro PE/PB tem chamado a atenção da gestão da refinaria para os riscos que dobras de turnos, treinamentos obrigatórios feitos de forma remota e operação da planta com quantitativo de pessoal abaixo do número mínimo podem trazer de ruim para a rotina de todos, além da precarização das condições de trabalho, e atribuição indevida de pessoas que desconhecem as unidades para programação de atividades perigosas.

Assim como na RPBC, aqui na RNEST estão menosprezando as atividades de planejamento das intervenções, jogando com a sorte e esperando que o pior aconteça. A RNEST não precisa passar pela ocorrência da RPBC para que seja tomada uma providência, pelo contrário, o ocorrido em Cubatão deve servir de alerta para que em Ipojuca não tenhamos mais uma vítima fatal por conta de más condições de trabalho.

Chega de mortes!

Ressarcimento de IR no HRA e do abono do PCR

Pagamento das horas extras / Feriado

TV SINDIPETRO PE/PB

Siga-nos no Twitter