Após novos reajustes no preço do gás de cozinha, petroleiros e coletivo de mulheres realizam nova ação de solidariedade

Texto: André Justino

O Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco e da Paraíba realiza na próxima quinta-feira (29), em Jaboatão, mais uma ação de venda subsidiada de botijões de gás de cozinha (GLP), desta vez em parceria com o Coletivo de Mulheres da CMP (Central de Movimentos Populares). A ação ocorre às 14h, no Centro Comunitário Germinar, localizado na comunidade de Jardim Piedade, onde será disponibilizado 75 botijões em que as famílias cadastradas poderão adquirir o gás por R$ 40,00 sendo o restante do valor subsidiado pelo Sindpetro PE/PB e a Federação Única dos Petroleiros (FUP).

A articulação desta ação se dá logo após o salto no preço do botijão que já teve dois aumentos só nesse mês de abril, o primeiro anunciado no dia 5 e o outro sem alarde na semana seguinte. A média de preço do botijão de 13kg passa a ficar em R$ 85,26, valor que corresponde a mais de 60% do novo auxilio emergencial pago pelo Governo Federal que é de R$ 150,00. Enquanto isso, famílias que não estão conseguindo dar conta da inflação do produto são forçadas a improvisar e se arriscar montando fogões a lenha, realidade cada vez mais próxima de um número maior de pessoas.

Esta será a terceira ação solidária promovida pelo Sindipetro PE/PB neste ano, em parceria com movimentos sociais requerendo gás a preço justo, visando apoiar famílias em situação de vulnerabilidade social, além de denunciar que os sucessivos aumentos se dão em função da política de preços adotada pelo governo federal, para a Petrobrás, que vincula desde 2017 a precificação do preço do petróleo nacional e derivados com a variação do Dólar.

TV SINDIPETRO PE/PB

Siga-nos no Twitter